Tudo o que você precisa saber sobre visto para os Estados Unidos

As mudanças para tirar visto americano decretadas pelo presidente Donald Trump no começo de 2017 afetam algumas regras para os brasileiros interessados em passar férias nos Estado Unidos.

Houveram duas principais alterações. A primeira diz respeito a quem tem o visto americano vencido. Pela regra anterior, a entrevista no consulado era dispensada para quem iria renovar o visto até 48 meses depois de o documento ter vencido. Agora, somente é dispensado da entrevista quem estiver com o visto expirado há menos de 12 meses.

A segunda mudança também é em relação à entrevista. Antes, estavam dispensados dela jovens de 14 e 15 anos e maiores de 66. Agora, todos os menores de 14 anos ou maiores de 79 são dispensados da entrevista no consulado.

Agora que você já sabe quais são as duas principais modificações, veja o passo a passo completo para conseguir a permissão para entrar na Terra do Tio Sam.

Tipos de visto temporários

Existem três tipos de vistos específicos para não-imigrantes. Você pode entrar nos Estados Unidos como turista, estudante ou a negócios. Em qualquer um dos casos, os procedimentos são bem parecidos. Neste artigo vamos esclarecer tudo a respeito de como conseguir o visto cuja finalidade é o lazer.

Preencher o formulário DS-160

A primeira atividade que precisa ser feita para ter o visto para os Estados Unidos é preencher o formulário DS-160. Ele fica disponível no site em inglês do Centro Consular Eletrônico. No canto superior direito, existe a opção de mudar a linguagem do site. Depois de ativar o português, a tradução simultânea aparece toda vez que você parar o cursor do mouse sobre uma frase.

O primeiro passo é selecionar onde será o seu atendimento. No Brasil, ele pode acontecer somente em cinco cidades: Recife, Brasília, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo. Depois de confirmar o código de segurança, você deve clicar em ‘Start In Aplication’ para iniciar o processo.

Na página seguinte, no canto superior direito, aparecerá o ID da sua solicitação. Esse número deve ser anotado para consultas posteriores. Nesse espaço, você vai responder a uma pergunta de segurança para futuros acessos.

No acesso seguinte, você deve preencher informações sobre seus dados pessoais, como nome (conforme passaporte), sexo, estado civil etc. Depois, é a vez de preencher dados relativos a contato, moradia e passaporte.

Depois disso, você deve responder sobre o tipo de visto desejado. Neste momento, indique a opção B e, depois, B1/B2. Em seguida, informe quando pretende ir aos Estado Unidos, quantos dias e em quais endereços vai ficar. Provavelmente, você, nesse momento, ainda não terá informações sobre sua hospedagem nos Estados Unidos. Dessa forma, o indicado é escrever: Casa de férias em Orlando ou Hotel em Miami.

O próximo passo é você fornecer dados sobre suas companhias de viagem. Se vai só, ou não, ou se vai por meio de alguma organização (religiosa, médica, social, política etc).

Mais à frente, você vai responder se você já foi aos Estados Unidos antes, os nomes de seus familiares (pai, mãe), sobre sua formação acadêmica e profissional, se já viajou para outros países, entre outros detalhes.

Para finalizar, será feita uma série de perguntas de segurança, comportamentais. Alguns exemplos são: se você tem alguma doença contagiosa, se pretende levar uma bomba para os EUA ou, ainda, se você planeja sequestrar alguém por lá. Claro que você responderá negativamente a todos esses questionamentos.

Por fim, aparecerá um resumo de todas as suas respostas. Vale a pena conferir item a item dessa página. Esse formulário será utilizado como base durante a entrevista consular; portanto, responda tudo com verdade para não titubear diante do oficial. Clique em ‘Submit’ e você vai ser encaminhado para a última parte do preenchimento do formulário DS-160 para obtenção do visto americano.

Depois de preenchido o DS-160, é a hora de fazer a assinatura digital com o número do seu passaporte. Por fim, imprima a confirmação com código de barras. Não adianta printar a tela. Para os próximos passos, você vai precisar dessa finalização impressa.

Pagar pelo visto

Depois de preencher e gerar o código de barras do formulário DS-160, você deve acessar o site para gerar a taxa pela solicitação do visto. O valor atual é de 160 dólares e pode ser pago com cartão de crédito internacional no próprio site ou por meio do boleto tradicional. Nesse caso, a compensação bancária pode ocorrer em até 2 dias úteis. Somente depois que o pagamento for reconhecido é que você poderá agendar os atendimentos presenciais.

Agendar CASV e Consulado

Essa parte causa um pouco de confusão nas pessoas. Com o número do ID, código de barras do DS-160 e com o recibo do pagamento de 160 dólares em mãos, você pode agendar os procedimentos seguintes no site. Você precisará comparecer a DOIS lugares diferentes.

CASV

O primeiro lugar que você deve ir pessoalmente é no Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto USA, o CASV, na cidade escolhida. Nesse lugar, você NÃO será entrevistado. É somente para coleta de uma foto, que é tirada por um funcionário, e das suas impressões digitais. Só isso.

Para essa ocasião, você deve levar o passaporte válido e a página de confirmação do formulário DS-160. Menores de 14 anos e maiores de 79 também devem comparecer ao CASV para tirar a foto, mas não serão recolhidas as impressões digitais.

Assim como o consulado, o CASV tem um esquema forte de segurança. Por isso não é permitido entrar com bolsas, pequenas ou grandes, nem com bagagem. Portanto, se você foi de viagem somente para emitir o visto (isso é muito comum, pois só existem 5 CASV em todo o país), deixe sua bagagem no hotel, táxi ou guarda-volumes.

Consulado

O segundo lugar que você deve comparecer (sempre depois do CASV) é ao Consulado Americano para, enfim, ser entrevistado. Se no CASV a segurança é reforçada, não precisa nem mencionar o quanto é minucioso o procedimento de segurança para acessar um pedacinho do território americano no Brasil.

Não leve bolsa ou qualquer volume. Coloque os documentos e comprovantes que podem ser solicitados durante a entrevista em uma pasta de elástico transparente. Celular também não é permitido e evite qualquer tipo de comportamento inapropriado, pois você pode ser convidado a ser retirar do local.

Se a fila estiver longa (geralmente está), você não pode sentar em lugares que não sejam os demarcados pelo consulado. Tampouco se pode encostar nas paredes. Só podem ficar na fila as pessoas que vão ser entrevistadas. Se você estiver em companhia de alguém, ela deverá esperar do lado de fora, quando não, do outro lado da calçada americana.

Portanto, respeite as normais do lugar e aguarde pacientemente a sua vez. Geralmente, um painel eletrônico marca a sua senha e você será atendido em um dos guichês. Famílias podem ir juntas e responder as perguntas dos oficiais. Dessa fase, menores de 14 anos e maiores de 79 estão DISPENSADOS.

Ao contrário do que muita gente pensa, o visto é concedido ou negado NA HORA da entrevista e não depois. Você já sai do consulado sabendo se o conseguiu ou não. Em caso positivo, seu passaporte fica retido no consulado para que eles colem em uma das páginas o seu VISA. Você deve escolher entre duas formas de receber o seu passaporte: pelos Correios ou ir pessoalmente pegar em um CASV.

Dicas de ouro para conseguir o visto para os Estados Unidos

  • Fale sempre a verdade. Os oficiais do consulado são treinados para perceber quando alguém está mentindo e ninguém gosta de ser enganado.
  • Muitas vezes, você não vai ser bombardeado de perguntas, como muitas pessoas imaginam. Às vezes, sua entrevista acaba na terceira ou quarta pergunta.
  • Eles são americanos, mas todos falam português, mesmo que não seja tão bom. Caso não entenda a pergunta, peça para repetir.
  • Seja objetivo nas suas respostas. As perguntas mais comuns são a respeito da sua renda, quem vai pagar a viagem, sua profissão e para onde vai.

Conseguir o visto para os Estados Unidos é um processo cheio de detalhes, mas não é difícil de se obter. Depois dele, é só aproveitar os lugares incríveis e vivenciar o american way of life com toda a sua família. Para que você tenha mais informações como essa, siga-nos no Instagram e Facebook.

One thought on “Tudo o que você precisa saber sobre visto para os Estados Unidos

  1. Pingback: Como se preparar para uma viagem com a família para os EUA - Magic Florida Properties

Deixe uma resposta

×

Olá!

Clique no representante para falar via whatsapp.

× Olá, posso te ajudar?