Mudar para Orlando: conheça os benefícios e os custos dessa mudança

mudanças para Orlando

A crise financeira prolongada e a falta de segurança no Brasil vêm impulsionando a saída de muitas pessoas do país. E o número de mudanças para Orlando, que é um dos destinos preferidos dos brasileiros, cresce a cada dia.

O crescimento da comunidade brasileira nessa região acontece por vários motivos. Entre eles, destacamos a boa qualidade de vida, ótimas escolas públicas e oportunidades profissionais.

Quem está pensando em se mudar ou passar uma boa temporada nos Estados Unidos, entretanto, deve fazer um bom planejamento. É muito importante estimar todos os gastos com essa jornada.

Querendo facilitar a sua mudança para Orlando? Confira, então, as informações que separamos para você!

Por que os brasileiros estão se mudando para Orlando?

A segurança e os serviços públicos de qualidade são alguns dos motivos dessa escolha pelos brasileiros. Afinal, poder deixar as crianças brincarem na rua e irem sozinhas para a escola agrega tranquilidade à família.

E quase todas as empresas de Orlando funcionam das 8 às 17 horas, deixando bastante tempo livre para a convivência familiar. O clima parecido com o nosso, as lindas praias e as oportunidades de negócios e estudos na Flórida também fazem a diferença na hora dos brasileiros escolherem o seu destino nos EUA.

Quais são os benefícios de viver em Orlando?

Além da natureza exuberante, muita diversão e tranquilidade, outros benefícios serão incorporados à vida de quem se mudar para essa cidade. Confira alguns deles:

Custo de vida menor do que o do Brasil

Quem aproveitar para investir em um imóvel nessa cidade vai encontrar casas muito bem localizadas e de médio/alto padrão com preços entre US$ 230 mil e US$ 600 mil dólares.

Esses valores são menores do que os cobrados por imóveis do mesmo padrão nas grandes cidades do Brasil. Já quem optar pelo aluguel, vai pagar, em média, US$ 1.587 para apartamento de dois quartos, US$ 1.839 para imóvel de três quartos e US$ 2.300 para casas de quatro quartos.

Veja alguns outros custos para se viver em Orlando:

  • alimentação — cerca de US$ 271 mensais para um adulto;
  • transporte — o passe mensal para uso ilimitado de transporte público custa US$ 50 e o litro de gasolina custa US$ 0,60;
  • energia elétrica e água — a média do valor da conta de energia é de US$ 130 e a de água é de US$ 60;
  • internet e TV — cerca de US$ 50 mensais para ligações ilimitadas e internet de excelente qualidade;
  • impostos — a maioria dos impostos é paga no ato da compra dos produtos e, em Orlando, esse valor é de 6,5% atualmente. O valor do IPTU (propertie tax) é acessível e o IPVA não é cobrado.

Os serviços de emergência hospitalar são excelentes, embora um pouco elevados. Uma consulta agendada com um clínico geral, entretanto, tem os preços mais acessíveis e custa entre US$ 96 e US$ 112.

Valorização imobiliária

A Flórida é um dos estados americanos que mais crescem e vem sendo escolhida para abrigar universidades e empresas voltadas para a tecnologia. Além disso, a construção de um trem de alta velocidade ligando Orlando à Miami e a implementação de um projeto ambiental piloto em Orlando estão em andamento.

Tudo isso vai elevar ainda mais a qualidade de vida dos moradores. A boa infraestrutura já existente, aliada a esse crescimento, ajuda a incrementar o valor dos imóveis em várias cidades do estado.

Oportunidades de trabalho

Existem muitas oportunidades de emprego em Orlando. É possível trabalhar como empregado ou ganhar um bom dinheiro como empreendedor. Assim, a abertura de empresas, como franquias famosas, restaurantes e prestadoras de serviços, é um bom negócio.

O processo de validação do diploma brasileiro nos EUA é demorado. Muitas pessoas, então, optam por fazer algum curso de especialização em uma instituição americana para facilitar a entrada no mercado de trabalho nesse país.

Não é possível trabalhar legalmente com visto de estudante, apesar de muitos brasileiros optarem por trabalhar em serviços, como balconista, babá, limpeza, jardinagem e construção civil até conseguir um emprego formal na sua área de qualificação.

Lazer e serviços públicos de qualidade

A região de Orlando oferece diversas opções de lazer, como reservas ecológicas, trilhas, locais perfeitos para mergulho e práticas esportivas, museus e casas de shows. Todas essas atrações, além de modernos centros de compras e lazer, garantem muita animação, diversão e cultura.

As ruas e jardins públicos estão sempre limpos, organizados e bem cuidados, tornando a vida de moradores e visitantes mais agradável. E a eficiência dos serviços públicos americanos, como escolas e transportes, já é conhecida de todos.

Para coroar todos esses benefícios, os brasileiros podem ficar tranquilos quanto à adaptação de toda a família em Orlando. Afinal, a comunidade brasileira na Flórida é numerosa, levando diversos setores a oferecer serviços voltados para esse público.

Dessa forma, a cidade conta com muitos restaurantes de comida típica brasileira, além de supermercados que vendem produtos brasileiros. Existem, ainda, jornais, revistas e canais de televisão em português.

Quais são os gastos com mudanças para Orlando?

Empresas de logística cuidam da transferência de móveis, roupas e demais pertences para os EUA cobrando a média de US$ 10 mil. No entanto, a maioria das pessoas prefere levar somente os itens pessoais e de valor sentimental.

Afinal, a cidade de Orlando é conhecida por seus grandes centros de compras, que oferecem ótimos preços. Assim, é mais vantajoso adquirir os artigos para a nova casa nos EUA.

Qual é o tipo de visto necessário e como retirar esse documento?

Para viajar ou se transferir para os EUA, é necessário tirar um visto fornecido pela embaixada norte-americana. Primeiro, é preciso ter passaporte e preencher um formulário (DS-160) online no site do Departamento de Estado Americano.

O próximo passo é marcar uma entrevista também pelo site. As cidades brasileiras onde essas entrevistas são marcadas são Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Recife. Caso a viagem seja em família, todos devem preencher individualmente o formulário e pagar a taxa.

Além da entrevista no consulado, haverá outra no Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto para a coleta de digitais e retirada de fotos. O valor do visto e o tempo necessário para a sua expedição depende da categoria do documento. Confira algumas:

  • US$ 160 — categorias B1, B2, C, D, F, J, I e M (estudantes, negociantes, turistas e outros);
  • US$ 190 — categorias H, L, O, P, Q e R (trainees, atletas, trabalhadores temporários, religiosos, artistas e outros);
  • US$ 205 — categoria EB (investidores nos EUA).

Quem viaja como estudante precisa pagar um ano de faculdade adiantado, o que custa entre US$ 15 mil e US$ 20 mil. Já o visto para estudante de inglês é mais barato e menos burocrático.

O valor médio mensal do um curso de inglês em Orlando é de US$ 800 e pode ser parcelado. Para obter esse tipo de visto, é preciso estar matriculado em uma escola americana autorizada a receber estudantes estrangeiros.

Investimento nos EUA

O valor mínimo para um brasileiro investir nos EUA é de US$ 750 mil, e a concessão do visto demora entre seis e oito meses. Para investidores europeus, o valor exigido cai para US$ 100 mil e alguns brasileiros que têm passaporte europeu aproveitam esse benefício.

Ressaltamos que o local do investimento deve ser informado e ser aprovado pelo governo americano. Os investidores brasileiros devem apresentar um plano informando como será feito o investimento, além de dar todos os detalhes do negócio.

Assessoria especializada

Para fixar residência nos EUA, é aconselhável a contratação de uma assessoria especializada para visto, o que custa entre US$ 5,000 e US$ 20,000 por família. Assim, a pessoa será orientada sobre a documentação e o tipo de visto necessários para o seu caso.

Agora você já sabe como planejar e qual será o custo de uma mudança para a Flórida. Vale lembrar que, para começar a lucrar com essa jornada, vale a pena aproveitar os bons preços do momento e adquirir um imóvel na região de Orlando.

Dessa maneira, além da tranquilidade de se mudar para uma casa própria, você terá o retorno do seu investimento em dólar americano. Aposte, então, na parceria de uma imobiliária especializada na captação e venda de imóveis para brasileiros, como a Magic Florida, e garanta a sua satisfação total!

Gostou das nossas informações sobre mudanças para Orlando? Entre em contato conosco, então, e aproveite o quanto antes as excelentes oportunidades em imóveis que temos para você!

One thought on “Mudar para Orlando: conheça os benefícios e os custos dessa mudança

  1. Pingback: Quero comprar uma casa em Orlando! E agora? - Magic Florida Properties

Deixe uma resposta

×

Olá!

Clique no representante para falar via whatsapp.

× Olá, posso te ajudar?