Entenda o que é hipoteca de imóvel

Powered by Rock Convert

Aproveitar a oportunidade do mercado imobiliário dos Estados Unidos traz diversas vantagens. Após  escolher uma imobiliária em Orlando , é essencial pensar em todos os aspectos da transação. Como estrangeiro, é preciso considerar as implicações fiscais, nas regras e na documentação. Mas será que você já sabe o que é hipoteca de imóvel?

Essa é uma modalidade de compra que funciona como um empréstimo. O comprador oferece o bem (no caso, o imóvel) como garantia para o banco. No entanto, a posse do imóvel permanece em seu nome. Trata-se de uma alternativa à alienação fiduciária e que merece sua atenção se quiser investir no mercado dos Estados Unidos.

Para tirar todas as suas dúvidas, veja como funciona a hipoteca de imóvel e entenda quais são os pontos importantes!

Para que serve a hipoteca de imóveis?

Na hora de adquirir um imóvel, é comum não ter disponível todo o valor para o pagamento à vista. Então, recorrer a uma instituição é a solução. O banco oferece parte do preço do imóvel (em média, 70%) e, em troca, exige uma contrapartida. O imóvel é dado como a garantia, de modo a diminuir os riscos desse empréstimo.

Depois de entender o funcionamento do processo, é muito importante conhecer, de fato, o papel dessa modalidade. A seguir, veja como a alternativa é utilizada!

Financiamento para residentes e estrangeiros

Como dito, o pagamento à vista não é a única solução. Na verdade, nos Estados Unidos, a hipoteca corresponde à maior parte das compras. As pessoas já estão acostumadas com essa opção e praticamente todos os bancos oferecem a possibilidade para quem tiver o crédito aprovado.

Além de ser uma alternativa capaz de facilitar a aquisição dos residentes, também é indicada para estrangeiros. Mesmo quem tiver visto de turista pode abrir uma conta bancária e hipotecar um imóvel. Então, é uma escolha popular.

Aquisição simplificada do primeiro imóvel

Os Estados Unidos têm uma cultura de independência muito forte. É comum que jovens adultos, já no início da vida profissional, decidam se mudar para morar sozinhos ou com a nova família a ser construída. Ao mesmo tempo, a trajetória ainda está no começo, o que significa a falta de recursos para a compra à vista.

Por causa disso, a hipoteca de imóvel é utilizada como forma de adquirir esse primeiro bem. Na prática, o valor mensal equivale ao de um aluguel, o que garante o equilíbrio de finanças.

Condições diferenciadas de pagamento

Com a hipoteca, é possível fazer o pagamento do imóvel próprio de maneira descomplicada. Basicamente, há a divisão do total financiado de 15 a 30 anos, o que dilui o gasto e o torna viável.

Além disso, a taxa de juros anual é relativamente baixa. Com isso, o custo efetivo total (CET) não é tão elevado e a aquisição é simplificada.

Obtenção de valores extras

Para completar, é permitido ter mais de uma hipoteca para o mesmo imóvel. No processo conhecido como refinanciamento, o imóvel é dado como garantia de outra dívida. Em troca, o proprietário recebe um valor em dinheiro vivo e pode usá-lo para abrir o próprio negócio, por exemplo.

Essa modalidade só é possível porque o bem está no nome do proprietário, em vez de em nome do banco. No entanto, é algo que exige cuidados para evitar complicações financeiras.

Quais são os riscos que devem ser observados?

Por falar em atenção, é preciso considerar que a hipoteca de imóvel tem alguns riscos. Em 2008, por exemplo, a facilidade de crédito trouxe muitos impactos ao sistema financeiro e fez explodir a crise financeira. De lá para cá, foram criados mecanismos para evitar que isso ocorra novamente.

O maior risco, entretanto, tem a ver com o uso da casa ou apartamento como garantia da dívida. Se o proprietário não pagar as prestações conforme acordado, o banco pode tomar o imóvel para reaver o dinheiro e quitar o débito. Então, é preciso ter consciência da questão e elaborar um planejamento financeiro robusto.

Como funciona a hipoteca de imóvel nos EUA?

Agora que você já sabe como é essa modalidade, é hora de entender o que fazer para obtê-la. Após escolher a sua imobiliária em Orlando e selecionar o imóvel desejado, começam os trâmites legais para a aquisição por meio do financiamento.

Se não quiser ter dúvidas do que fazer para conquistar a aprovação, veja algumas dicas sobre o funcionamento da obtenção da hipoteca de imóvel.

Escolha a instituição

O primeiro passo consiste em optar pelo banco que fará o “empréstimo”. Os Estados Unidos têm muitas instituições disponíveis e cada uma tem condições específicas — inclusive, para estrangeiros.

Com a compra em Orlando, opte por um banco que atue na área. Pesquise taxas, valores exigidos de entrada e outras características. Ao encontrar a opção certa, passe para as próximas etapas.

Reúna a documentação necessária

Para obter a hipoteca, será preciso apresentar alguns documentos. Eles servem para comprovar a legitimidade da solicitação e permitem a análise de crédito e de perfil. A lista pode variar entre as instituições, mas os mais comuns são:

  • cópia do passaporte para identificação;
  • visto de residência, permanência ou turismo;
  • comprovante de residência no país de origem (no caso, Brasil);
  • declaração de cargo e de ganhos, em papel timbrado, da empresa empregadora;
  • declaração de ganhos, em papel timbrado, feito por um escritório de contabilidade, no caso de autônomos;
  • informações sobre a formação e registro da empresa, para empreendedores;
  • comprovantes de pagamento de Imposto de Renda nos últimos 3 anos e
  • histórico de rendimentos, se houver aplicações em outros investimentos.

O objetivo é mostrar que pode pagar pelo empréstimo. Então, quanto mais informação demonstrar, melhor.

Selecione o valor adequado para suas necessidades

Se toda a documentação estiver correta, você receberá a aprovação de um montante para hipotecar. Normalmente, ele é bem maior que a sua renda, mas antes de comemorar, é preciso prestar atenção.

Lembre-se de que o valor disponível é referente aos 70% financiáveis e não ao imóvel todo. Poder hipotecar até US$ 210 mil significa que terá que dar, no mínimo, US$ 90 mil de entrada. Então, veja o quanto você tem para esse custo inicial.

Além disso, considere a sua renda. O ideal é que a hipoteca não comprometa mais de 30% dos ganhos mensais. Faça as contas e escolha o valor que se adapta à sua realidade.

Pague sempre em dia

Depois de definir tudo isso e assinar o contrato, é essencial se manter em dia com todos os pagamentos. Cumprir o contrato é a condição indispensável para evitar a tomada do imóvel pelo banco ou corretora.

Ao escolher um imóvel para aluguel de temporada em Orlando, por exemplo, os ganhos com a locação podem servir para pagar a aplicação. Organize tudo para cumprir as obrigações!

A hipoteca de imóvel é uma alternativa interessante para adquirir um bem do tipo nos Estados Unidos. Ao entender seu funcionamento e como obtê-la, você investe da melhor forma!

Gostou dessas dicas? Curta a nossa página no Facebook e fique sempre por dentro das novidades!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

×

Olá!

Clique no representante para falar via whatsapp.

× Olá, posso te ajudar?