Afinal, qual o custo de vida nos EUA? Conheça os principais gastos

Powered by Rock Convert

Um sonho de muitos brasileiros consiste em mudar para os Estados Unidos. Em busca de mais segurança, um estilo de vida diferente ou novas experiências, a mudança de país se torna uma realidade. Mas, para que tudo saia como o esperado, é preciso ter bastante planejamento. Entre os cuidados essenciais, está saber como é o custo de vida nos EUA.

Entender a distinção entre os gastos permite que você se prepare para o novo endereço. Inclusive, esse é o melhor jeito de atender a todas as necessidades cotidianas.

Mas como considerar as despesas reais? A seguir, veja qual é o custo de vida nos Estados Unidos e conheça quais são os pontos de maior atenção.

Moradia

A moradia é um dos principais gastos no orçamento familiar. Para quem decide comprar um imóvel, o aluguel é substituído pela parcela de financiamento, o que garante uma segurança extra. Esse valor depende das condições escolhidas de pagamento e da casa ou apartamento.

Há, ainda, outras possibilidades para pensar. Em Orlando, o custo básico com eletricidade, água e lixo fica em torno de US$ 130. Já o preço de um bom plano ilimitado de internet custa, em média, US$ 61.

Alimentação

A alimentação abocanha uma parte considerável do orçamento, então é preciso ficar de olho nesse aspecto de custo de vida nos EUA. Tudo depende da alimentação da família, da escolha de produtos e dos hábitos.

Na área de Orlando, uma refeição fora de casa com três pratos para duas pessoas sai por cerca de US$ 50. No entanto, um prato comum e barato fica em torno de US$ 16. Somando os gastos com o mercado, o valor médio é de US$ 600, para dois adultos e uma criança.

Powered by Rock Convert

Transporte

Para ter total conveniência, fazer as escolhas certas de transporte garante melhores resultados. Os gastos gerais variam com a decisão entre o transporte público ou o privado.

Quem optar pelo carro terá a chance de comprá-lo por um valor bem atraente, com a gasolina custando US$ 0,71/litro. Já os táxis cobram cerca de US$ 1,55 por cada quilômetro rodado.

Quem recorre ao transporte público também obtém qualidade e uma boa malha. Em Orlando, o passe mensal sai por US$ 50.

Escola

As famílias com crianças e jovens devem se preocupar, ainda, com a educação. Há muitas escolas públicas de altíssima qualidade, então esse custo pode retirado do orçamento de forma geral.

Para quem deseja recorrer ao serviço de child care, entretanto, o valor fica em torno de US$ 500 — por mês e por criança.

Impostos

Muitos impostos são cobrados logo no momento em que você faz uma compra. Além dessa incidência, é necessário realizar o pagamento do equivalente ao Imposto de Renda.

Tudo depende dos seus ganhos e da configuração familiar. No entanto, o gasto médio fica em torno de US$ 650.

Como é a comparação com o Brasil?

Ao falar em custo de vida nos Estados Unidos, é inevitável não fazer uma comparação com os valores gastos no Brasil. Ao analisar apenas os números, pode parecer que sai mais caro morar em Orlando que em São Paulo ou no Rio de Janeiro, por exemplo.

No entanto, o poder de compra no local é maior que em terras tupiniquins. Longe de impostos tão altos e da inflação, existe a chance de consumir mais e melhor.

Além disso, quem mora em Orlando recebe em dólar e aproveita as boas oportunidades de emprego do lugar. Então, não faz sentido “converter” os preços, pois salários e custos acontecem na moeda local.

Ao explorar o custo de vida nos EUA, você terá uma base importante quanto aos ganhos necessários no país. Com diferenças relevantes (e vantajosas) em relação ao Brasil, é uma alternativa que se mostra interessante para quem busca outras oportunidades.

Para quem já estiver planejando a mudança, conheça qual é a melhor cidade para morar na Flórida e arrume suas malas!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

×

Olá!

Clique no representante para falar via whatsapp.

× Olá, posso te ajudar?