5 curiosidades sobre o mercado imobiliário nos EUA

Powered by Rock Convert

Se você tem negócios ou adora passar uma boa temporada com a família em Orlando, precisa saber mais sobre o mercado imobiliário nos EUA. Assim, será possível analisar todas as vantagens e descobrir que é perfeitamente viável comprar um imóvel em terras americanas.

Afinal, a tranquilidade de ter um imóvel convidativo à disposição da família, em um lindo lugar, como a Flórida, não tem preço. Sem contar com o prazer de receber os seus amigos e parentes com alegria e conforto. Além disso, se você fizer as contas dos gastos com diárias de hotéis e alimentação, verá que esse investimento é compensador.

Sonhando com privacidade e tranquilidade em suas temporadas nos Estados Unidos? Então, não perca as informações, que separamos para você. Confira!

Como funciona o mercado imobiliário nos Estados Unidos

Trabalhar como corretor de imóveis nesse país exige uma série de requisitos. É necessário residir nos EUA, ter mais de 18 anos, não ter ficha criminal, fazer um curso de qualificação e ser aprovado no mesmo.

Além de atender todas essas exigências, é obrigatório se ligar à uma imobiliária para exercer a atividade de corretor. Caso ele seja eleito para vender um imóvel, o cliente assina um contrato com validade entre seis meses e um ano, e o vendedor só recebe a sua parte após a conclusão da venda.

O corretor tem obrigação de colocar o imóvel em um Web site para esses profissionais, denominado Multiple Listings, no qual são lançadas informações sobre todas as propriedades a serem negociadas, assim como o nome do agente responsável.

Esse profissional deve demonstrar transparência, prestando todas as informações necessárias e ainda defender, sempre, os interesses dos clientes. A vantagem é que o proprietário deve assinar um contrato, garantindo a exclusividade do corretor na venda ou aluguel do imóvel disponível.

A fim de agilizar e dar segurança à negociação, o corretor pode conferir o limite de crédito disponível para o cliente. Já o valor do imóvel é definido por uma média de preços dos similares na área, onde se localiza a propriedade.

Caso haja interesse, o comprador fará uma oferta, que deve ser firmada em um documento, constando todos os detalhes da propriedade, informando, inclusive, sobre taxas e impostos.

Antes de fechar o negócio, são feitas várias inspeções no imóvel e o corretor deve acompanhar cada uma delas. Caso apareça algo que desvalorize a propriedade, o valor dos reparos ou de taxas não informadas pode ser abatido no valor pedido.

Quem cuida da parte financeira é uma empresa terceirizada e o dono do imóvel assina um documento, no qual declara estar ciente de que a comissão de cerca de 6% do total da venda será destinada à imobiliária e ao corretor.

Geralmente, quando não há ofertas dentro de 30 dias, o valor da casa é reduzido. Outro detalhe importante é que o proprietário não é obrigado a aceitar a oferta recebida.

As curiosidades sobre o mercado americano de imóveis

Como você viu, o sistema de negociação de imóveis nos Estados unidos tem muitas características próprias. Confira, agora, 5 curiosidades sobre esse mercado!

1. As diferenças entre o mercado imobiliário americano e o brasileiro

Tanto no Brasil como nos EUA, a venda e o aluguel de imóveis demanda algumas providências que necessitam de prazos, o que gera baixa liquidez. Certas diferenças entre esses dois países, no entanto, chamam a atenção. Confira algumas delas!

Tempo

O prazo de concretização dos negócios imobiliários, no Brasil, desde o anúncio até a venda, pode demorar até sete meses. Já nos EUA, todo o processo leva três semanas em média.

Documentação e tecnologia

Nos EUA os imóveis colocados à venda possuem inventários completos, com todas as informações sobre as negociações anteriores disponibilizadas via Web site. Dessa forma, tanto os imóveis disponíveis quanto os corretores de cada região podem ser selecionados pelos clientes.

No Brasil, os clientes precisam buscar vários corretores, que oferecem em seu portfólio, o tipo de imóvel que ele procura. Essa busca é morosa para o comprador e prejudicial ao proprietário que precisa continuar gastando com a manutenção do seu empreendimento.

Enquanto no Brasil, o comprador precisa ficar atento aos problemas que podem surgir na hora de registrar a sua propriedade, nos EUA, isso é providenciado pelo corretor e a concretização da venda é feita de maneira rápida e transparente.

Comissão

No Brasil, o valor da comissão paga à imobiliária costuma ser embutido no valor do imóvel. Já nos EUA na maioria das vezes, quem vende é que paga a comissão que, geralmente, divide esse valor com o corretor. Essa quantia é divulgada no momento em que a propriedade entra no sistema unificado de imóveis.

2. A qualidade das escolas

A arrecadação do IPTU faz toda a diferença na qualidade das escolas públicas. Isso acontece porque 51% do valor arrecadado vai para as instituições de ensino. Sendo assim, quanto mais valorizado for o bairro, melhores são as suas escolas.

3. Seguro obrigatório

É obrigatório a compra de um seguro de escritura (tile insurance). Caso surja algum problema no futuro, que impossibilitasse a venda da casa, a seguradora paga ao comprador o valor do investimento devidamente corrigido.

4. A importância da legalidade

A imobiliária que trabalhar com corretor sem licença responderá por crime de 1º grau, e seus responsáveis podem ser condenados a 5 anos de prisão. O oferecimento de vantagens, como presentes e comissão pela indicação de um cliente é proibido por lei e pode ocasionar na suspensão ou até na perda da licença.

5. Fatos inusitados

Alguns acontecimentos interessantes ocorridos durante transações imobiliárias americanas chamaram a atenção, como o caso Jones X Mayer — em 1965, esse caso foi levado à suprema corte americana. Nesse evento, um corretor se recusou a vender uma casa para um casal pelo fato de serem afrodescendentes.

Esse episódio foi tomado como base para a implementação de leis que proíbem qualquer tipo de discriminação e preconceito da parte dos envolvidos nas negociações imobiliárias.

Vale a pena saber um pouco mais sobre o sistema educacional em Orlando. Afinal, essa cidade vem atraindo cada vez mais famílias, que buscam por belezas naturais, segurança e serviços de qualidade, como boas escolas.

Essa é uma questão muito importante para quem pretende passar longas temporadas ou até mesmo se mudar com a família para essa linda cidade da Flórida. Sendo assim, é aconselhável uma boa pesquisa a fim de escolher a localidade, que ofereça a melhor escola para os filhos.

As escolas públicas dos Estados Unidos escolhem os seus alunos considerando a proximidade com a casa dos estudantes. Dito isso, o ensino público de primeiro e segundo grau americano, geralmente, é de boa qualidade. Algumas instituições, entretanto, recebem avaliação mais elevada do que outras.

Sendo assim, se você escolher Orlando como destino, deve morar próximo das escolas mais conceituadas, como as que ficam nas localidades de Celebration, Metrowest, Huntter’s Creek e Windermere.

Além de ótimas instituições de ensino, essa cidade oferece excelente infraestrutura e muitas opções de compras, cultura e lazer. Todas essas qualidades imprimem praticidade e tranquilidade ao dia a dia dos moradores e visitantes. Veja quantos atrativos podem ser encontrados no estado da Flórida.

  • Maravilhosas temporadas de verão, aliando mar, sol e muita diversão;
  • Passeios incríveis para vislumbrar as cores intensas incorporadas à natureza pelo outono;
  • Visitas às paradisíacas ilhas Flórida Keys;
  • Proximidade com os parques temáticos famosos em todo o mundo;
  • Oportunidade de ingresso em boas universidades;
  • Valorização do seu investimento, já que Orlando é considerada a melhor cidade para se investir em imóveis dos EUA;
  • Muitas possibilidades de contato com a natureza, pois a Flórida abriga inúmeros parques ecológicos, sendo considerada a capital mundial de nascentes de água doce.

Viu o porquê de tanta valorização no mercado imobiliário nos EUA? E, agora que você já sabe da seriedade e solidez desse desse setor, não pode perder as chances de ter um imóvel na América. Fazendo isso, certamente você e a sua família vão conquistar a qualidade de vida que merecem.

Se você gostou das nossas informações, siga-nos pelo Instagram e pelo Facebook e acesse as melhores oportunidades para adquirir um imóvel nos EUA!

Powered by Rock Convert

5 thoughts on “5 curiosidades sobre o mercado imobiliário nos EUA

  1. Pingback: Descubra aqui os 15 melhores resturantes da Florida

  2. Pingback: Conheça os melhores destinos na Flórida para você visitar - Magic Florida Properties

  3. Pingback: Quero comprar uma casa em Orlando! E agora? - Magic Florida Properties

  4. Pingback: Tudo sobre financiamento de casas na região de Orlando - Magic Florida Properties

  5. Pingback: Casa nos EUA: vantagens de ter uma casa de férias em Orlando - Magic Florida Properties

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Olá!

Clique no representante para falar via whatsapp.

× Olá, posso te ajudar?